Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Obra inacabada!

GOSTARIA DE TER FEITO MUITO MAIS. GOSTARIA DE TER SIDO MUITO MAIS. Quando olho para nós vejo que poderíamos ter alcançado mais. Tem muito mais por fazer.
Por que não o fizemos? Por que não somos ainda melhores? Por que 19 anos não foram suficientes?

Alguém poderia responder: “Por causa do pecado. Somos pecadores e então falhamos no processo.” Outro alguém poderia afirmar: “Porque a História da Igreja é maior que a história de uma geração”. Ainda poderíamos ouvir: “Porque o inimigo usou as nossas brechas para adiar as coisas”. Talvez a resposta mais óbvia seria: “Porque somos humanos, ninguém jamais é perfeito, e as coisas caminham "mais ou menos" sempre.”
Poderíamos ouvir outras respostas... No entanto, apenas uma ecoa no meu peito:

“AQUELE QUE COMEÇOU A BOA OBRA EM VOCÊS, HAVERÁ DE COMPLETÁ-LA ATÉ O DIA DE CRISTO JESUS.” (Fp. 1.6)

Sabe porque olhamos e vemos que poderia ter sido melhor? Porque ainda não chegou o que Perfeito. SOMOS OBRA INACABADA. Que perspectiva isso nos traz?

A OBRA SÓ TERMINA QUANDO ACABA (Fp. 1.6)
Vamos relembrar o óbvio: SÓ ACABA QUANDO JESUS VOLTAR...

CADA UM É PARTE DE UMA OBRA QUE É MAIOR (Fp. 1.3-5)
Deus determinou que eu ficaria 19 anos. O Elias e o Eliandro estão de passagem também. Você também está de passagem...

Um dia todos recebem um chamado de saída. Ou sai pra missões, ou sai pra glória... Mas, nunca peça pra sair por você mesmo.

A Igreja é o grande edifício que está sendo construído (Ef. 2.22)

A OBRA TEM UM PADRÃO DE QUALIDADE (Fp. 1.7-8)
O padrão de qualidade é a GRAÇA de Deus. A graça de Deus se manifesta em AFEIÇÃO DE CRISTO JESUS. A afeição de Cristo Jesus se percebe em RESPEITO e SAUDADE.

A OBRA CONTINUA... (Fp. 1.9-10)
Há trabalho por fazer sem esquecer que somos o próprio "trabalho de Deus". Há frutos pra colher sem esquecer de frutificar também. 

TUDO até o dia de Cristo Jesus! Até que Cristo seja formado em nós!

Um comentário:

  1. Esse sentimento acompanha os verdadeiros cristãos,pois,assim como um Pregador sente um frio na barriga ,ao subir para ministrar a PALAVRA,o Espírito Santo sempre nos impulssionará ha fazermos MAIS para o SENHOR.O muito é pouco,comparado ao Sacrifíce
    De Jesus.

    ResponderExcluir