Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Eu sou parte deste povo!

Eu nasci aqui. Muitos nasceram aqui. Outros re-nasceram. Alguns se foram. E todos nós juntos crescemos na fé em Cristo Jesus. Quanto aprendemos? Daria pra contar quantas mensagens? Quantos aconselhamentos? Quantos discipulados? Quantas orações? E quantos abraços? 

Sorrimos e choramos juntos.

E tudo, tudo, tudo... aconteceu por Cristo e para Ele. Afinal, acampamos, praticamos esportes, comemos juntos, estudamos juntos, oramos, trocamos mensagens e compartilhamos fotos... Por que fizemos tudo isso? Porque estamos juntos nas pegadas de Jesus.

Nada, nada, nada... tem sentido se não for por Ele e pra Ele. Nada acontece sem Ele. Jesus o cabeça da Igreja é a razão de existirmos como povo, Igreja. Até as lágrimas das minhas emoções que choro enquanto escrevo esse texto são dádivas dEle.

Muitos não existiam, pois alguns se tornaram pais e até avós. A nossa história eclesiástica e a história de cada um se mesclaram. Escrevemos juntos. Algumas vezes, tentamos apagar alguma parte, outras escrevemos na pedra. E o Autor sempre interferindo com graça que lhe é própria.

Ele, Jesus, me permitiu ser pastor aqui, que as palavras de um jovem nosso, traduzem exatamente o que é ser pastor entre vocês: Não sei o que pensar sobre você, se é pastor, se é pai, se amigo ou irmão. Sei que você é  um modelo pra mim. ISSO FEZ VALER A PENA.

Foram muitos acertos. Muitas conquistas. À Deus toda glória!

Os erros também foram muitos. Esses eu coloco na minha conta. O Sumo-pastor sabe das minhas imperfeições. Ele sabe que queria acertar ao máximo, mas ele sabe também que nunca errei motivado por malignidade.

Ah, Ele também sabe que não jogar pra torcida me protegeu a fidelidade, e fez de mim um pouco insensível aos apelos do populacho que queria mais bate-papo que Palavra, mais banquetes que oração, mais abraços que admoestação. Ufa, a linha é tênue entre a comunhão genuinamente fraternal e o mero paparico cercado de guloseimas.


Enfim, seguimos na caminhada em oração. Vamos continuar fazendo o  mesmo: seguindo Jesus. E na expectativas de alguns encontros-oásis de tempo em tempo, por aqui ou por outras terras. 

(Obs.: Fevereiro de 2017 quando completa 19 anos de Pastorado, chega o momento de sair). 

4 comentários:

  1. Sentirei muito a falta de vocês,mas fazer o que a não ser orar,Deus quer assim é assim seja.
    Que em outras terras que você andar Deus esteja sempre contigo.

    ResponderExcluir
  2. Sentirei muito a falta de vocês,mas fazer o que a não ser orar,Deus quer assim é assim seja.
    Que em outras terras que você andar Deus esteja sempre contigo.

    ResponderExcluir
  3. Nem imagino como começar...pois o coração humano quer ter sempre bons amigos e pessoas exemplares do nosso lado, ao alcance mesmo, fazendo com que alguns quilômetros sejam imperceptíveis, saber que o próximo esta próximo é uma maravilha...Porém aos espirituais, "Kerúksate e Matheteusate" e como já disse o autor; "Resta a cada discípulo do Senhor Jesus cumpri-lo".
    O conforto vem do próprio Senhor que completa, "E eu estarei SEMPRE com vocês, até o fim dos tempos". Bom é saber que meus amigos e irmãos pessoas presente na conversão e no processo da vida cristã de minha família serão cuidados pelo Senhor, obrigado Jesus pela vida de cada um, pelo carinho, pelo abraço, pelo compromisso dos seus servos para com a sua palavra.
    Irmãos, me alegro em saber que no relatório da expedição seja em qual terra for, vocês sempre e somente nos trarão conhecimento do leite e mel com fartura, e nos apresentaram os frutos dela. Pois seguindo as palavras do mestre em Mt 28.20b (citada acima) só podemos dizer como Calebe "Subamos...É CERTO QUE VENCEREMOS"...
    Um forte abraço.


    ResponderExcluir
  4. Os laços familiares são muito importantes,pois também foram criados por Deus; mas quando o nosso Senhor Jesus diz:-Minha família são áqueles que fazem a vontade do Pai,fico muito feliz em SER. E ESTAR nessa condição junto há vcs.Amamos vcs como nossa "família ".

    ResponderExcluir