Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



quinta-feira, 29 de março de 2012

Valdomiro e Edir Macedo, Jesus e Eu

O que eles estão fazendo com a Igreja? Bom. Eu preciso me focar naquilo que estou estou fazendo com ela, a Noiva de Cristo. Não posso me desviar do foco.

As Mulheres São as Primeiras (Mt. 28.1-10)

As mulheres foram as primeiras... Elas ainda são as primeiras em muitas coisas. Nós homens somos privilegiados em tê-las.

A Instrumentalidade dos Gafanhotos?

Há pecado que a Igreja precisa intervir. A orientação bíblica está clara e quem desobedece promove mau exemplo e até escândalo.

Já outros pecados Deus é o único agente disciplinador, e para tanto estabeleceu consequências naturais para o infrator.

Quem ultrapassa os limites da velocidade poderá ser punido pelas autoridades, e se colidir as próprias leis da física já definem que a intensidade do atrito deixará mortos e feridos. É uma “disciplina consequente”.

Não seria assim com os dízimos? Deus já falou que os devoradores ficariam à solta. Jesus cita os dízimos como uma boa prática. O Novo Testamento não o anula, e a teologia paulina trabalha para além dele. 

E quem não assume essa prática? Precisa ser disciplina pela Igreja? Não vejo assim. Há uma “disciplina consequente” para quem não contribui. A instrumentalidade "disciplinadora" são os gafanhotos.

Não seria esse o caso da falta de temor, da falta de leitura bíblica e oração, da ausência de boas obras e até de discipulado? A própria pessoa é a primeira prejudicada. Faltará a ela direção, comunhão, paz etc.

Deus já estabeleceu consequência certa para quem se arrefece na fé. O papel da Igreja é buscar despertar esses que dormem.

domingo, 25 de março de 2012

Mesmo Uma Criança Pode Crer

Subestimamos a capacidade das crianças. Elas são profundamente ágeis em seus pensamentos e observadoras perspicazes.

Já fui professor de Educação Infantil e me impressionei com crianças de 4 e 5 aninhos. Mas, a experiência que me trouxe a escrever vivenciei ontem.

Foi no fim da noite. Todos estávamos juntos para ler a Bíblia. O Thales (meu filho de 8 anos) lia o complexo livro do Êxodo israelita, no trecho em que Moisés recebeu a Lei. A Jamily mexia numa Bíblia com figuras. E sabe o que aconteceu? Pasmem!

Ao término daquela difícil leitura, na qual eu mesmo tive dificuldade de concentração, a Jamily (de 5 anos) abriu a Bíblia figurada dela e disse: “O Thales leu essa história”. Qual era a figura? Moisés com as Tábuas da Lei.

Bem ensina a Apec. Mesmo uma criança pode crer. Aliás, Jesus muito antes já havia dito para que deixassem as criancinhas virem até Ele. 

Precisamos ensiná-las e sempre reterão preciosidades da Palavra de Deus.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Obstáculos e Superação (Mc. 5.25-34)

Obstáculos foram feitos para serem superados, e não tirados. Ao invés de pedirmos ao Senhor para tirar algumas lutas, precisamos pedir capacidade para vencermo-las.

terça-feira, 20 de março de 2012

Jatinho e Já Tinha

Era uma vez alguém. Ele aprendeu bem que o povo "já tinha" condição para fazer altos investimentos. 

O povo que "já tinha" agora tem menos porque já deu muito. O povo que "já tinha" deu tanto que aquele tal comprou um jatinho. 

Jatinho ele "já tinha". Já não bastava mais. Agora ele queria fazer outros investimentos.

E, então, a fama que "já tinha" se tornou infinitamente maior e até os "pastores não-lobos", que não podem comprar jatinho e se pudessem não comprariam, tiveram a reputação contaminada pela "thurma" do lobo-mau.


Seria esse tal um lobo de verdade? Ou seria alvo das acusações do "lobo-mor" que agora diminuiu a franquia de suas "igrejas" para R$ 50.000.00?


segunda-feira, 19 de março de 2012

terça-feira, 13 de março de 2012

Fiz Uma Média ou Senti Compaixão?

Hoje orei com uma senhora por tive compaixão? Não. Fui gentil diante das lágrimas. Estava no computador, correndo, correndo... Ela apareceu e contou do falecimento de alguém com quem nem convivia, mas a história era trágica. Seus olhos lagrimejaram. Ela assumiu a dor alheia como se fosse a sua própria. Então, eu parei e orei. Ela saiu e eu voltei para a digitação. Miserável homem que sou!

Depois que ela saiu o Espírito me constrangeu: “O que você fez?” Eu respondi: “Orei”. Ele retrucou: “Você fez uma média, e é isso que já fez tantas vezes. Por que você vai aos velórios? Qual a razão de certas visitas pastorais?”

É verdade. Assumo que me falta compaixão. Compaixão é sentir dor, a dor do outro. É estar junto não para cumprir agenda, mas porque deu vontade de chorar. Chega de profissionalismo. Quero sentir o que poucas vezes já senti. Quero sentir o que Jesus sentiu pela multidão que caminhava como ovelha sem pastor (Mt. 9.36-38).

E aí me faltarão palavras. É nessas horas que o aperto no coração e as lágrimas são suficientes.

Eufemismo Cristão?

Sabemos que “eufemismo” é a “expressão que suaviza algo que mais sério”. É falar que  alguém dormiu quando morreu. Cabe muito bem um eufemismo para aquele que morreu em Cristo. Ele não morreu, mas dormiu. E despertará um dia de seu “sono paradisíaco” para uma eternidade com Deus.

Mas, nem sempre o eufemismo é positivo. Principalmente quando usado para maquiar algum pecado: “Ele deu uma desviadinha”. “Foi mal, hein!”. “Não fiz por querer”. “Errar é humano”. “A carne é fraca”.

Usamos essas expressões para amortecer o peso que o pecado tem: “Ele abandonou a graça de Deus”. “Ele desrespeitou o Corpo de Cristo”. “Esse desonrou o Evangelho”.  “Ele envergonhou a Cruz de Cristo”.

Enfim, precisamos “dar nomes aos bois” e não sermos tão camaradas diante de nossas fraquezas e pecados.

A Ciência dos Demônios Sobre o Juízo Próprio (Mt. 8.29)

Até os demônios sabem que serão julgados, e por isso têm pressa.

Quando Será a Grande Tribulação? (Mt. 24.32-35)

Qual a geração que presenciaria os sinais do fim?

sábado, 10 de março de 2012

O Revelado e o Ainda Não

A Bíblia é a Revelação que Deus faz de Si mesmo bem como de Sua vontade para os homens. Tudo o que Deus queria que soubéssemos como Palavra dEle, na Bíblia está descortinado. Pois “as coisas reveladas são para nós, e as ocultas para Deus” (Dt. 29.29).

Tudo o que está na Bíblia, então, está revelado? Sim. Por outro lado, dentro daquilo que está descoberto pode haver algo ainda não compartilhado. Isto é, dentro do revelado há o ainda não.

Deus, por exemplo, nos revelou que “todo aquele que crê em Jesus será salvo” da condenação eterna, e terá vida eterna em Cristo. O Apocalipse, especialmente, trata de como será tanto uma coisa como outra. Alguns detalhes são revelados, outros ainda não.

Vamos ao Paraíso, mas como será o seu “dia-a-dia eterno” sabemos pouco. Sabemos que haveremos de vê-lo face a face e seremos semelhantes a Ele (1 Jo. 3.2). Mas, como Ele será? Cabelos brancos como a neve, olhos como de fogo, pés reluzentes como latão de bronze... (Ap. 1.12-16). “Como” se fosse isso... é o que está revelado, “o que” é isso de fato ainda não.

Bom que aprendamos a nos apegar ao Revelado para que tenhamos bom ânimo e esperança (Rm. 15.4).

Em nome do Nome, sempre.

quinta-feira, 8 de março de 2012

O Jumentinho e a Jumenta (Mt. 21.1-11)

A realeza, a paz e a humildade confundidos num jumentinho, cuja mãe não largou do pé. E olha que Jesus "respeitou".

Desapego (Mt. 8:28-34, 18-22)

Até os porcos e um sepultamento se tornam mais interessantes aos que ainda não buscam primeiro os interesses do Reino de Deus.


quarta-feira, 7 de março de 2012

Filho Meu; Teu Coração (Pr. 23.26)


Ganhar o coração dos filhos é desafio para pais que agradam o Pai.


Nossos Filhos Entre Vozes (Pr. 7)

Falamos, falamos, falamos... as palavras de Deus. E muitas outras vozes aparecem de todos os lados.


Nossos filhos estão entre a "nossa" fala e as outras vozes. Aqui em Provérbios (cap. 7) a voz que atraia é da mulher sedutora.


Que o Senhor ajude os nossos filhos a ouvirem a boa voz, e terão vida.



domingo, 4 de março de 2012

"Dorme, Nenê, Que a Cuca Vem Pegar"


Betty Milan (Revista Veja de 24/08/11) escreveu: "Quem dorme aceita se retirar da realidade e ficar indefeso. Essa retirada, sem a qual nós não vivemos, pode ser angustiante e deve ser facilitada". Ela criticava uma cena na TV Globo, na qual o artista cantarolava a possibilidade da Cuca vir, ao fazer "nanar" uma criança.


Isso me fez pensar... Pensei em nossa tendência de reproduzir atos sem nenhuma reflexão, sem questionamento saudável, sem postura de quem busca o melhor.


Não  é assim quando não queremos ser confrontados em velhos costumes? Quando reproduzimos o pior dos nossos pais. Também quando achamos que não precisamos mudar porque afinal sempre agimos daquele jeito, ou porque simplesmente é um traço de nossa personalidade.


Queridos, nem sempre precisamos ser melhorados, mas sim transformados. Ou mudamos radicalmente, ou continuaremos chamando a Cuca para pegar.

Laqueadura ou Vasectomia? (Ef. 5.28-30)

Você sabia que a mulher tem 7 camadas de tecidos para cicatrizar da laqueadura? É pior que uma cesária. E sabia também que influi até na menopausa? E o processo de recuperação?

E o homem? A vasectomia dura uns 10 minutos, e depois só precisa cuidar durante 7 dias no máximo, e tudo fica bem rapidamente. Eu estou já no quinto dia de recuperação e é como se nada tivesse acontecido. 

Amigos, vamos deixar todo machismo e preconceito bobo. 

Fazer vasectomia é uma forma de colocar Efésios (5.28-30) em prática. É uma manifestação de cuidado para com elas.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Yosef Nardakhani

Existem homens dos quais o mundo não é digno (Hb. 11.38a). A lista dos heróis da fé continua... e tem lugar para mim e pra você. Ainda que "mártires" sejam aqueles que morrem todos os dias para os seus próprios caprichos.


A Teologia do "Jeca-Tatu" e Robinson Cavalcanti

Hoje eu fiquei de luto pelo assassinato de Robinson Cavalcanti e de sua esposa. Fiquei com isso no coração. E fui à uma série de livros do Congresso Vinde de 1989.

Um desses livros, escritos por Robinson, "Igreja: Agência de Transformação Histórica" ele se baseia em Rm. 12.1-2 e fala sobre o "santo inconformismo". Rejeita a teologia do "Jeca-Tatu" a qual defende "deixa estar para ver como é que fica".

Que saudades daqueles dias, ainda novo convertido, quando comi estes livros. E partir deles ser formado numa teologia holística, que acredita no "Evangelho todo, para todo homem, para o homem" como definiu o Pacto de Lausanne.

Fica essa homenagem e gratidão como desafio ao engajamento nas causas em favor do homem em sua plenitude.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Um Sonho Por Realizar

Depois de investir minha vida, durante mais de uma década, nos estudos teológicos antes de minha ordenação, eu sonhava com um Instituto Bíblico.

Veio o ITB em Biritiba Mirim. Belíssima experiência. Lá ficamos por 3 anos cooperando na edificação do Corpo espalhado em diversas pequenas Igrejas. Foi ali que eu decidi fazer Pedagogia.

Sempre continue comprometido com o ensino teológico em algumas instituições. Mas, agora chegou a nossa vez de liderar um Instituto Bíblico na Igreja local com as portas abertas para somar com outros irmãos e Igrejas que desejarem.

Hoje a soma de 14 anos de pastorado junto aos cursos de Teologia (inclusive Mestrado), Letras (já que preciso escrever), Pedagogia (pra ensinar) e Pós em Gestão Escolar (para administrar esse desafio), sinto que estou em condição de contribuir melhor para o sonho de um Seminário.

Espero que esse Instituto seja uma prévia de um Seminário Interno futuramente.


http://ibc-institutobblicocongregacional.blogspot.com/ 

Jesus é Maior Que a Religião

Somos Mártires (At. 1.8) - Enforcamento no Irã

O Senhor Jesus afirmou que seríamos suas testemunhas (At. 1.8). "Testemunhas" do grego "mártures" significa "mártires". É isso que somos todos os dias. Somos levados como ovelhas mudas contra os nossos próprios desejos pela causa do Evangelho, e alguns provam disso até a morte. Pra eles está reservado a coroa da glória.
Mas, isso não significa inércia da Igreja. Precisamos fazer uso dos Direitos Humanos enquanto pregamos o Evangelho. Se manifeste, proteste, e ore. Deus está no controle!