Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



sábado, 31 de dezembro de 2011

Últimas Horas

Decidi escrever nessas últimas horas de 2011. E se fossem as "últimas horas" de uma corrida longa? As "últimas horas" para se resolver um grande problema. "Últimas horas" de oportunidade para se voltar para Deus?

O que você faria de diferente se fossem as "últimas horas" da vida? Abraçaria mais? Perdoaria? Aproveitaria junto aos seus queridos?

Vive melhor e aproveita mais a vida que a vive como se cada dia fosse o último.

Que nessas "últimas horas" de 2011 encontremos esperança para todas as "últimas horas" de cada dia em 2012.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Dia 25 de Dezembro?

Hou, hou, hou... Chegou o Natal sob o estigma de um velho conhecido, gordo e barbudo. Ele chega de surpresa? E se coloca como o provedor de sonhos e anseios pueris.

Outro detalhe: Jesus não nasceu por ocasião da Festa dos Tabernáculos? Nessa Festa, também chamada das Tendas, cuja simbologia era a Presença de Deus, Jesus nasceu (final de Setembro ou começo de Outubro). Ele veio trazendo a mesma simbologia da Festa. Aliás, a simbologia se concretizou na pessoa do Filho de Deus, que foi chamado desde o início de Emanuel (Deus Conosco).

Esse sim é a fonte de provisão dos anseios mais carentes daqueles que estão "cansados e sobrecarregados", por isso, somente Ele (Jesus) convida para omaior  banquete do mundo: "Vinde a mim... e achareis descanso para as vossas almas".

Que delícia passar uma virada como se fosse um dia qualquer. Qualquer? Qualquer que nada. Um dia como devem ser todos os dias: sendo útil aos outros, e desfrutando de uma paz que não depende de roupa nova e comida farta.

Aleluia porque o menino cresceu e cumpriu Sua missão em favor de todos nós. Vivas ao verdadeiro Natal: "O anjo, porém, lhes disse: Não temais: eis aqui vos trago boa nova de grande alegria, que o será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor" (Lc. 2.10-11)

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Necessidade de Punição?

É difícil aceitar o perdão de Deus depois de pecar voluntariamente. Se você tem o mínimo de vergonha poderá ter muita dificuldade em desfrutar da graça. Por quê?

Temos um senso de justiça-própria. Queremos compensar. Encontrar uma forma de pagarmos. Tendemos a assumir o que não podemos. Não tem jeito não, as nossas boas obras de justiça e compensação são como trapos de imundície.

Sim. Trapos de imundície, pois se queremos fazer algo para nos purificar sem o caminho das Escrituras, acrescentamos dois males: 1) Não confiar na Promessa, no Sacrifício, na Graça...; e, 2) Confiar, enganosamente, em nós e em nossa justiça.

O que é isso? Antes devemos assumir nossa culpa sem culpa, aceitar o perdão de Deus sem precisa perdoar a nós mesmos, desfrutar da Graça sem desejar que ela se repita pela mesma causa.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O Ano Já Acabou?

O ano já acabou pra quem quer comprar parcelado e terminar ainda em 2011. Mas, para quem precisa tomar importantes decisões, ainda não.

Não deixe para ter uma vida de oração e leitura da Palavra só a partir do ano que vem.

Por que deixar para o ano que vem, consertar uma situação pendente. Falar com alguém. Dar um abraço.

Será que o ano que vem chegará? E se chegar possivelmente você não verá passar, como foi esse ano, e então passará mais um ano sem você conseguir...

Faça já. Aproveite as oportunidades. É de Deus? Não deixe para o ano que vem se Ele espera isso de você tempos.

Quem esperou tanto tempo, pode não querer esperar mais nenhum dia.